JORNADAS DIDÁCTICAS 2018 - ORADORES CONVIDADOS
(por ordem alfabética)
 
 
 
 
ALEXANDRA PAIO
 
Arquiteta (UL, 1993),
Mestre em Desenho Urbano (ISCTE-IUL, 2002) e Doutorada em Arquitectura e Urbanismo (ISCTE-IUL, 2011). Professora auxiliar no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, Coordenadora do Laboratório de Fabricação Digital – Vitruvius Fablab-IUL (2012-2018) e Investigadora nos centros ISTAR-IUL e DINÂMIA’CET. Vice-Diretora do Departamento em Arquitetura e Urbanismo (2016-2019) e Diretora do Doutoramento em Arquitetura dos Territórios Metropolitanos em Arquitetura Digital e Especialidade Arquitetura Digital (2017-2019).
Coordenadora do Curso de Especialização em Territórios Colaborativos: Processos, Projeto, Intervenção e Empreendedorismo (2015 - ). Coordenadora regional do projeto OIKOnet. A global multidisciplinar network on housing research and learning (539369-LLP-1-ES-ERASMUS-ENW) e Investigadora no Projeto TEL@FTELa - Technology Enhanced Learning at Future Teacher Education Lab (PTDC/MHC-CED/0588/2014).
Associada da APROGED desde 2003.
Coordena e orienta trabalhos de investigação na área da arquitectura digital: design computacional, processos e ferramentas digitais de apoio ao projeto criativo, fabricação digital e métodos tradicionais em arquitectura, habitação emergente, espaço público e processos participativos e arquitectura interativa.
Participa e coordena workshops e formação contínua com apoio de empresas da indústria portuguesa e Câmaras Municipais nas temáticas da fabricação digital e processos participativos.
Publica artigos em revistas especializadas e trabalhos em atas de eventos na área da arquitectura digital.
alexandrapaio
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
   
   
   
ANTÓNIO TRINDADE
   
Professor Auxiliar na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Alcobaça 1967. Vive e trabalha em Lisboa
Professor Auxiliar de Geometria, Departamento de Desenho da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.
Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, 1992
Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, 2000.
Mestre em Arte, Património e Restauro, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2002.
Doutoramento em Belas Artes, especialidade em Geometria Descritiva, 2008.
Tem 14 artigos científicos publicados.
Tem um capítulo de livro “Jerónimo de Ruão e o programa arquitectónico da capela-mor do Mosteiro dos Jerónimos” incluído na obra “O Largo Tempo do Renascimento – Arte, Propaganda e Poder", Lisboa, Colibri, 2008, pp.459-533;
Em Dezembro de 2015 publicou o livro "A Pintura Integrada em Tectos e Abóbadas e a Perspectiva Linear", Lisboa, CIEBA, FBAUL, 2015, distribuído pela Principia Editora e lançado na Academia Nacional de Belas Artes.
Realizou 15 exposições individuais e participou em 45 exposições colectivas, com destaque para as três participações nas Feiras de Arte da ARCO em Madrid (1995, 1996 e 2004) e na antiga FAC-Lisboa.
Interesses na investigação actual: Geometria, Perspectiva, Representação, Desenho e Artes Plásticas.
antoniotrindade
   
   
CATARINA MARTINS
   
Catarina Martins, 1980. Licenciada em Belas Artes - Pintura pela FBAUP (2003). Mestre em Educação Artística pela FBAUL (2007). Doutora em Educação pelo Instituto de Educação da UL. Foi bolseira da FCT (2007-2011). Em 2008 e em 2010 foi Honorary Fellow in the Department of Curriculum and Instruction - Faculty of Education, Wisconsin-Madison University. Em 2009, foi Visiting Scholar at the Centre for Educational Sociology, University of Edinburgh. Desde 2010 é Professora Auxiliar na FBAUP, ensinando em cursos de pós-graduação em Educação Artística.
Desde 2015, é diretora do i2ADS - Instituto de Investigação em Artes, Design e Sociedade. É membro do grupo de História da Educação, Instituto de Educação da UL e Link Convenor da European Network 29: Research on Arts Education, European Educational Research Association. Co-coordenou um estudo sobre Políticas Públicas em Educação Artística em Portugal, um estudo sobre o estado da implementação curricular da educação artística no Primeiro Ciclo do Ensino Básico. Atualmente é coordenadora do projeto Erasmus +, “CREARTE project - Creative School Partnerships with Visual Artists”, envolvendo 5 países europeus e uma organização internacional (INSEA). Participou em diversos projetos de investigação financiados pela FCT.
Possui várias publicações em Scopus, senda o mais recente: “From Scribbles to Details: the Invention of Stages of Development in Drawing and the Government of the Child” (2017), in A Political Sociology of Educational Knowledge: Studies of Exclusions and Difference, Routledge.
Escreveu a introdução de um livro sobre educação artística, da Fundação Calouste Gulbenkian.
catarinamartins
   
   
ELISA MARQUES
   
Licenciada em Ciências da Educação, pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, curso de Pós- Graduação em Educação e Desenvolvimento, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e conclusão do 2º ano do Doutoramento de Educação Artística pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Exerce desde 2010 as funções de Coordenadora da Equipa de Educação Estética e Artística do Ministério da Educação.
Foi professora convidada da Escola Superior de Educação de Lisboa, da Universidade Aberta e da Faculdade de Belas Artes de Lisboa.
Autora de vários artigos e publicações no domínio da Educação e da Arte, destacando-se a autoria “Trans(Formar)o Olhar”, da Faculdade de Ciências e Tecnologia(FCT) da Universidade Nova de Lisboa(UNL); Arte para Quê? da Fundação Calouste Gulbenkian e dos CD-ROM “31 Alerta Imagens à Descoberta” e “Distância por um Fio”; respetivamente editados pelo Ministério da Educação e pela Fundação Portuguesa das Comunicações, coautoria do “Primeiro Olhar” Programa Integrado de Artes Visuais da Fundação Calouste Gulbenkian.
Colaboradora durante vários anos no Centro Artístico Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian, nas áreas da Pedagogia e da Arte.
Foi investigadora do grupo “Investigação e Desenvolvimento Estético” na Fundação Calouste Gulbenkian e da FCT/UNL.
Exerceu funções de coordenação no projeto “DiaLugares”, da FCT da UNL, no âmbito do Programa Almada Cidade Digital. Foi, ainda, supervisora pedagógica de vários programas de investigação - ação no domínio da Arte e Educação.
elisamarques
   
   
HELENA MENA MATOS
   
Docente do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e membro do Centro de Matemática da Universidade do Porto. É doutorada em Matemática pela Universidade do Porto e, paralelamente às atividades de docência e investigação em matemática fundamental, tem forte interesse nas conexões entre a matemática e as artes visuais.
Tem sido responsável na FCUP pela unidade curricular de mestrado Matemática na Ciência e na Arte e pelo curso de formação contínua Matemática e Arte.
Dedica também parte do seu tempo à divulgação da matemática através de palestras para estudantes do ensino secundário regular e artístico em diversas escolas do país, palestras para professores e palestras e debates para o grande público.
helenamenamatos
   
   
JOANA CADIMA
   
Joana Cadima é doutorada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. É atualmente investigadora no Centro de Psicologia desta universidade.
Tem desenvolvido investigação que procura compreender como é que os contextos educativos, em particular as interações adulto-criança e as relações sociais, podem apoiar e promover o desenvolvimento das crianças.
Participa em vários projetos de investigação, sendo de destacar o projeto FCT Quality Matters (2016-2019) e o projeto europeu ISOTIS (2017-2019), que incide sobre as desigualdades educacionais e sociais.
Tem um interesse especial por fotografia e por dança contemporânea e uma grande curiosidade pela diversidade étnica e de costumes. Gostava que todos, crianças e adultos, tivessem oportunidades regulares de se expressarem criativamente.
joanacadima
   
   
MANUEL FIRMINO TORRES
   
Licenciou-se em Psicologia (1987), obtendo o prémio da melhor classificação pela Fundação Engenheiro António de Almeida, e doutorou-se em Ciências da Educação (2013), com a tese “Modos de Trabalho Pedagógico e de Avaliação da Aprendizagem no Ensino Superior – Um Estudo na Universidade do Porto”, aprovada por unanimidade com distinção relativamente ao modelo teórico e à metodologia de investigação, na FPCEUP.
Docente universitário desde 1983 (FPCEUP; IESF; U. MINHO), é atualmente Professor Auxiliar na FEUP, onde recebeu o Prémio de Reconhecimento Pedagógico (2013, 2016 e 2017). Recebeu ainda o Prémio de Excelência Pedagógica da U. Porto (2015) e a aprovação do Projeto de Inovação Pedagógica “ClickerUP” pela U. Porto (2017). É também membro integrado do INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (Investigador/Colaborador no CSIG - Centro de Sistemas de Informação e Computação Gráfica) e do MIL - Media Innovation Labs (Investigador/Colaborador no DMLL – Digital Media Learning Lab).
Psicoterapeuta (desde 2006), administrador numa empresa de consultoria há 25 anos e consultor em psicologia, educação e formação (desde 1990) em mais de 150 organizações públicas e privadas, tem uma vasta experiência na formação pedagógica de formadores e de professores do ensino superior, assim como na formação, coaching e counselling para o desenvolvimento de competências em áreas como: liderança, trabalho em equipa, comportamento organizacional, comunicação, negociação, resolução de conflitos, gestão de recursos humanos, avaliação de desempenho, gestão do tempo e do stresse, motivação, inovação e criatividade, inteligência emocional e desenvolvimento pessoal.
manueltorres
   
   
MÁRIO BISMARCK
   
Nasceu em 1959 no Porto
Licenciado em Artes Plásticas - Pintura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto.
Entra, em 1985, como docente de desenho para a Escola Superior de Belas Artes do Porto, sendo actualmente Professor Catedrático de Desenho da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
É co-editor da revista Psiax dedicada ao estudo do desenho e da imagem, editada conjuntamente pela FBAUP, FAUP e Escola de Arquitectura da Universidade do Minho.
É membro-integrado do Núcleo de Desenho do I2ADS (Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade) e membro-colaborador do ID+ (Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura).
Tem participado em diversas conferências, seminários e mesas-redondas relacionadas com o Desenho.
Realizou várias exposições individuais de pintura e desenho e participou em mais de 100 exposições colectivas.
mariobismarck