Blogue do Centro de Formação da Aproged Mapa do Site da Aproged Contactos da Aproged Área reservada aos Associados Blogue do Centro de Formação da Aproged Mapa do Site da Aproged Contactos da Aproged Área reservada aos Associados Blogue do Centro de Formação da Aproged Mapa do Site da Aproged Contactos da Aproged Área reservada aos Associados
JORNADAS DIDÁCTICAS 2016 - PROFESSORES CONVIDADOS
PROFESSOR/A CONVIDADO/A
TEMA DA AULA A APRESENTAR
ABREU PESSEGUEIRO, Professor Aposentado
Método para uma sólida introdução à Geometria Descritiva
ALEXANDRA CASTRO, Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
Restituição perspéctica
ANTÓNIO OLIVEIRA, Universidade Lusíada do Norte, Porto
A analogia no pensamento clássico
JOSÉ REVEZ, Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa
Perspectiva Linear Plana e Dupla Projecção Ortogonal
LUÍS MATEUS, Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa
Geometria Descritiva com ferramentas CAD
JOSÉ REBELO, Professor Aposentado
PEDRO CARVALHO, Professor Aposentado
SUSANA BRANDÃO, Instituto das Artes e da Imagem
Modelos tridimensionais - abordagem didáctica que incentiva a construção do pensamento geométrico e a aquisição de competências espaciais
     

JORNADAS DIDÁCTICAS 2016 - NOTAS BIOGRÁFICAS DOS PROFESSORES CONVIDADOS

ABREU PESSEGUEIRO
Arquitecto e Pintor, foi professor do Ensino Secundário durante 36 anos, tendo-se reformado em 2009.
Foi um dos fundadores da APROGED e seu presidente da Direcção durante 12 anos.
Foi Formador de Professores e consultor científico para a edição de manuais escolares
Na qualidade de Deputado à Assembleia da República (III Legislatura,1985) foi membro da Comissão Parlamentar da Educação e Cultura, participando nomeadamente nos debates sobre os primeiros Projecto-Lei sobre a Formação Pedagógica de Professores dos Ensinos Secundário e Unificado e sobre a Lei de Bases do Sistema Educativo.
Como Pintor, realizou 35 exposições individuais no país e no estrangeiro desde 1967
Realizou vários trabalhos de Arte Pública. É autor de vários artigos de crítica de Arte e foi correspondente do ISELP – Institut Supérior pour l’Etude du Langage Plastique (Bruxelas) para a Arte Pública em Portugal.
Web-site: www.abreupessegueiro.com
   
ALEXANDRA CASTRO
É assistente convidada na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, onde lecciona desde 2014 a unidade curricular Geometria e Arquitectura.
Em 2011-2012, foi assistente convidada na Escola de Arquitectura da Universidade do Minho onde leccionou, como docente coordenadora, a unidade curricular Geometria.
Licenciada em Arquitectura (FAUP, 2002) e Mestre em Metodologias de Intervenção no Património Arquitectónico (FAUP, 2009), actualmente é doutoranda do Programa de Doutoramento em Arquitectura da FAUP, estando a desenvolver a tese intitulada “Geometria e Arquitectura Contemporânea. Para uma revisão do ensino universitário da Geometria”.
Desde 2013 integra a equipa do Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo da FAUP, grupo de investigação Arquitectura: Teoria, Projecto, História. A sua principal área de estudo incide nas interferências entre as recentes inovações tecnológicas, no campo do desenho e da fabricação digital, a geometria e o projecto. Em particular interessa-lhe perceber o que aconteceu à geometria enquanto disciplina de apoio ao projecto, de que forma a geometria é hoje utilizada no acto criativo enquanto ferramenta de apoio à concepção, composição e construção dos objectos arquitectónicos.
Paralelamente, em 2010, fundou com Nicola Natali a empresa Castro Natali na qual desenvolve projectos de arquitectura e design, desde a escala da cidade até à escala do objecto, para o sector público e privado, em Portugal e no estrangeiro.
       
ANTÓNIO OLIVEIRA
É docente da Universidade Lusíada Norte, Porto.
Doutorado em “Teoria da Arquitectura” pela Universidade Lusíada de Lisboa, com a tese “As Ordens do Geometral. O Espaço e o Tempo na Matriz do Pensamento Clássico” (2009). Mestre em “Cultura Arquitectónica Contemporânea e Construção da Sociedade Moderna” pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, com a tese “Pensamento Absoluto: Arquétipo e Ideal” (1998). Licenciado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (dissertação de licenciatura: “Conventus Bracaraugustanus” (1986) sob a temática: “Romanização em Portugal”). Trabalhou em colaboração com os arquitectos Manuel Correia Fernandes (1986 - 1987) e Bernardo Ferrão (1987 - 1989) e integrou, de 1989 a 1992, a Equipa para o PDM de Matosinhos, Câmara Municipal de Matosinhos, Departamento de Planeamento.
       
JOSÉ REBELO
É licenciado em Arquitectura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Exerceu toda a sua atividade profissional como professor no âmbito do Desenho e Geometria Descritiva em diversas escolas, das quais se destacam o colégio Luso-Francês e a escola artística Soares dos Reis, no Porto. Colaborou no Núcleo de Investigação Técnico-Pedagógica de Geometria Descritiva afeto aos Serviços do Porto da DGES. Foi coautor do programa de Geometria Descritiva A e B, atualmente em vigor. Integrou a equipa de diversas provas de exame nacional no âmbito do Desenho e Geometria Descritiva. É uma referência no ensino da Geometria Descritiva pois concebeu e construiu vários modelos didáticos que sempre utilizou na sua prática pedagógica e que se encontram referidos no programa da disciplina.
       
JOSÉ REVEZ
Professor Auxiliar do Grupo de Escultura do 1º e 2º ciclo de Estudos da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.
Doutorado em Belas-Artes - Escultura, com a tese “Escultura Digital Contemporânea” pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.
Mestre em Comunicação Educacional Multimédia, com a tese “Hipermídia e o Ensino da Perspectiva Linear Plana” pela Universidade Aberta - Lisboa.
Licenciado em Artes Plásticas - Escultura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.
   
LUÍS MATEUS
Licenciado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa (FAUTL) em 1999. Doutorado em Arquitectura, pela FAUTL, com a tese Contributos Para o Projecto de Conservação, Restauro e Reabilitação. Uma Metodologia Documental Baseada na Fotogrametria Digital e no Varrimento Laser 3D Terrestres.
Docente de Geometria Descritiva, Fotogrametria Arquitectónica e Digitalização 3D na FAUL. Coordenou vários levantamentos de monumentos por varrimento laser 3D, nomeadamente o Arco da Rua Augusta, o Palácio de Belém e o Convento de Cristo.
   
JOSÉ PEDRO CARVALHO
É licenciado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Exerceu toda a sua atividade profissional como professor do ensino básico e secundário, no âmbito da Construção e da Geometria Descritiva, em diversas escolas, das quais se destaca a escola António Sérgio, em V.N. de Gaia. Participou em diversos cursos/ações de formação no âmbito da Pedagogia. Exerceu várias funções de coordenação e orientação de práticas pedagógicas e profissionalização. Foi coordenador do Núcleo de Investigação Técnico-Pedagógica de Geometria Descritiva afeto aos Serviços do Porto da DGES. Foi coautor de programas de disciplinas das áreas tecnológicas e de Geometria Descritiva do Curso Técnico da Construção Civil das Escolas Profissionais. Foi coautor das Orientações de Gestão - Núcleo Significativo de Objetivos/Conteúdos das disciplinas Desenho e Geometria Descritiva A e Desenho e Geometria Descritiva B. Foi coautor, coordenador e auditor de diversas provas de exame nacional no âmbito do Desenho e Geometria Descritiva. Coorientou ações de formação de formadores em Didática de Geometria Descritiva e Ações de Formação de Avaliação. Utiliza modelos tridimensionais na sua prática pedagógica desde sempre e concebe exercícios que se podem transformar em modelos através de dobragem e corte.
   
SUSANA BRANDÃO
É licenciada em Arquitectura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto e mestre em Ensino das Artes Visuais pela Universidade Católica de Braga. Exerce parte da sua atividade profissional no ensino como professora de Geometria Descritiva, Desenho e Desenho de Arquitetura no Instituto das Artes e da Imagem, em V.N. de Gaia. Do seu estágio profissional, que decorreu na escola Artística Soares dos Reis, resultou um importante documento sobre a didática da Geometria Descritiva que aborda o enquadramento histórico e cultural da disciplina e do seu ensino, assim como o seu papel determinante no estabelecimento de competências de visualização e orientação espacial, do pensamento abstrato e imaginação. As metodologias que defende estão alicerçadas no uso de modelos tridimensionais como forma de aproximação às realidades tridimensionais.
       
QUE INFORMAÇÕES ESTÃO DISPONÍVEIS SOBRE AS JORNADAS DIDÁCTICAS?
Nesta página encontram-se disponíveis informações sobre as JORNADAS DIDÁCTICAS 2016.
Nesta ligação encontra-se o evento criado no Facebook para as JORNADAS DIDÁCTICAS 2016.
Todas as questões sobre este projecto podem ser direccionadas para aproged@aproged.pt.

 

optimizado para googlechrome